• Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - GLMPE

No momento está disponível apenas a versão Android.

https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.portaldaacacia.stp

© 2018 desenvolvido por GSTI

Palavra do Grão-Mestre

A Grande Loja Maçônica de Pernambuco, com jurisdição em todo o Estado, é uma importante célula de uma das maiores, melhores (e mais sublimes) instituições do Universo que é a Maçonaria.

 

A nossa Grande Loja - como as demais existentes em cada Estado e no Distrito Federal -, é membro da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil (CMSB) bem como da Confederação Maçônica Interamericana (CMI). A CMI é uma confederação que congrega 79 (setenta e nove) Potências Maçônicas regulares que estão localizadas em 25 países da América do Sul, América Central, Antilhas e, ainda, as Grandes Lojas de Portugal, França e Espanha.

 

A maçonaria é uma associação que guarda bem vivos, ancestrais e tradicionais ensinamentos filosóficos e morais. O que nela predomina é o Princípio da Tolerância, ou seja, Tolerância (compreensão e contemporização) em relação às doutrinas religiosas e opiniões políticas e filosóficas, pois está acima e fora das rivalidades que as dividem.

Ser livre e de bons costumes é uma das exigências para ingresso na instituição, sendo, igualmente, essencial que assim se conserve para permanecer sendo maçom.

 

Cada membro está comprometido com a prática de uma Moral que se baseia no bem-comum, na liberdade individual e coletiva, na fraternidade entre os povos e no serviço à Humanidade, ciente que é de seus direitos e deveres, sempre pronto para o “bom combate” que é aquele que se deve travar, diuturnamente, contra a ignorância e o fanatismo, “mãe” e “pai” de todos os males, premissas essas que estão contidas no código de moral maçônico, que deve ser observado por todos os membros da Maçonaria Universal.

 

A Maçonaria abre o caminho à Iniciação, isto é, ao Conhecimento Universal e sua simbologia e ensinamento dão aos iniciados a possibilidade de acesso a ele, na esperança que eles atinjam a Plenitude Maçônica, isto é, se tornem sábios e sejam cidadãos dedicados à evolução da Humanidade.

 

As grandes religiões estão em crise há algum tempo e padecem de crescente profanação de sua cultura e de seus propósitos. Há entre nós quem diga e nos assegure - diante do conturbado mundo em que vivemos, de crise de valores morais, de desavenças políticas e conflitos bélicos -, que a inspiração maçônica será o caminho ideal e necessário para um mundo melhor. Constitui-se, assim, em uma “terceira via” filosófica, ética e espiritual.  

 

Asseguro a todos: trata-se de uma das mais poderosas alavancas do sagrado nos tempos atuais e, quem sabe, talvez se assista, nas próximas décadas, a um renascimento espiritual alvo desse primado maçônico de exuberante grandeza.

 

A Grande Loja de Pernambuco, ao recomeçar os seus trabalhos neste ano, deseja continuar contribuindo eficazmente com essa Grande Construção para que tenhamos uma sociedade bem fraterna, justa e solidária.

 

Estamos comprometidos e precisamos todos (Grão Mestrado, Irmãos e Lojas) demonstrar que somos uma instituição voltada para a sociedade onde os maçons deverão ser reconhecidos como pessoas de confiança, livres e de bons costumes.

 

Queremos aqui saudar a todos os homens e mulheres de bem - vinculados ou não à Ordem - augurando um ano novo de avanços e de esperanças, inspirado pelos sublimes princípios do bem, da moral e da razão.

 

E é neste ambiente de esperança, de igualdade e fraternidade que, em nome dessa “grande família”, lhes damos as boas-vindas, à Grande Loja Maçônica de Pernambuco.

 

Fiel e Fraternalmente.

 

João  Angelo Muniz

 

GRÃO MESTRE